Última hora

Última hora

Polónia comemora 30 anos da vitória do sindicato Solidariedade

Em leitura:

Polónia comemora 30 anos da vitória do sindicato Solidariedade

Tamanho do texto Aa Aa

A Polónia assinala o 30º aniversário da assinatura dos acordos históricos, a 31 de Agosto de 1980, que mais tarde deram origem ao Solidarnosc, o sindicato Solidariedade.

Na altura, o poder polaco comunista e os grevistas dos estaleiros navais de Gdansk, conduzidos por Lech Walesa, fizeram vacilar o bloco soviético.

Para a história, o Solidarnosc ficou conhecido como um símbolo da luta pela liberdade.

“Há 30 anos ninguém podia prever o que iria acontecer depois da mudança do regime. Só na década de 90 é que viemos a perceber que as mudanças não eram bem aquilo que esperávamos. As regras do mercado livre foram adoptadas e as empresas tiveram de se adaptar. Alguns sectores foram arrasados. Vivemos o desemprego pela primeira vez”, diz Marciej Janowski, vice-presidente do sindicato.

Um congresso extraordinário do Solidariedade assinalou a data, esta segunda-feira. Contou com a participação do presidente, Bronislaw Komorowski, do primeiro-ministro, Donald Tusk, do chefe da oposição, o conservador Jaroslaw Kaczynski, e do presidente do parlamento europeu, Jerzy Buzek.

O fundador, Lech Walesa, não compareceu. Diz não se rever mais no movimento, que “continua a fazer política em vez de se ocupar das questões sindicais”.