Última hora

Última hora

Grécia sem tabaco: não há uma sem duas, nem duas sem três

Em leitura:

Grécia sem tabaco: não há uma sem duas, nem duas sem três

Tamanho do texto Aa Aa

Hoje é o primeiro dia de uma Grécia sem tabaco. Pelo menos, é o que espera o governo de Atenas. A lei que proíbe fumar no trabalho e em locais públicos – como bares e restaurantes – entra em vigor esta quarta-feira.

É a terceira tentativa do executivo grego, desde 2002. A última, no Verão passado, foi um fracasso. E esta parece ir no mesmo caminho, a avaliar pelos comentários de restauradores e empregados.

“Sou contra medidas de última hora, impostas de forma abrupta, só porque alguém decidiu que queria que fosse assim”, diz Nikos Louvros, dono de um bar. Artemis Livardarou, uma empregada é mais comedida: “Sou a favor de uma leia que proíba o fumo em certos locais, mas penso que os proprietários deviam ter a hipótese de poder criar zonas de fumadores e de não fumadores.” Christos Giannakouris, outro patrão, reconhece que “a medida não é de última hora”, mas acrescenta: “Penso que vai prejudicar locais que estão fortemente ligadas à bebidas e ao divertimento em geral.”

As multas podem ir até aos 500 euros, para os fumadores e até aos 10 mil, para os gerentes. Mas em época de crise, os donos dos bares receiam perder clientes e estão mais preocupados com a saúde financeira do negócio do que com a saúde pública dos gregos: os maiores fumadores da Europa.