Última hora

Última hora

Multas podem incitar gregos a não fumar

Em leitura:

Multas podem incitar gregos a não fumar

Tamanho do texto Aa Aa

O ar livre é o único espaço que resta aos fumadores gregos. Na Grécia, o dia 1 de Setembro rima com a entrada em vigor da proibição de fumar no trabalho e em locais públicos, como bares e restaurantes.

Num país onde 42% das pessoas com mais 15 anos fuma – contra a média europeia de apenas 29% – esta é a terceira vez, em oito anos, que o governo grego tenta proibir o tabaco em locais públicos.

“É bom para a saúde”, reconhece um fumador, “mas é prejudicial para os proprietários dos bares, que já estão em crise. Penso que os proprietários deviam poder escolher se os clientes podem ou não fumar dentro dos bares.”

Desta vez, no entanto, a lei prevê multas até aos 500 euros, para os fumadores e até aos 10 mil, para os gerentes de bares, como Andreas Michaelidis, que está optimista: “É verdade que os gregos têm muita dificuldade em respeitar as leis. Mas acredito que desta vez vão fazê-lo, porque vai haver multas e não haverá outra forma de evitá-las.”

Em época de crise, os donos dos bares sentem-se entre a espada e a parede: proibir o tabaco e perder eventuais clientes, ou deixá-lo fumar e pagar as multas…