Última hora

Última hora

Desemprego espanhol volta a subir

Em leitura:

Desemprego espanhol volta a subir

Tamanho do texto Aa Aa

A Espanha pôs fim ao ciclo de vários meses consecutivos com o desemprego em queda.

Em Agosto, o número de pessoas sem emprego subiu em mais de 61.000, para um total de desempregados que se aproxima a passos largos da marca dos quatro milhões.

Isto segundo os dados do governo, publicados esta quinta-feira. Já quanto ao Eurostat, o organismo de estatísticas da União Europeia, os dados disponíveis são ainda de Julho, com uma taxa de desemprego pouco superior aos 20%, ou seja, mais do dobro da média da Zona Euro.

O sector da construção civil foi o mais penalizado durante Agosto, ao perder mais de 13.600 trabalhadores. O desemprego aumentou em quase 2%, neste sector. A economia espanhola continua a sofrer os efeitos do fim do boom imobiliário.

Para espanto de alguns analistas, a agricultura foi o único sector da economia em que houve um crescimento do emprego. Habitualmente, Agosto é marcado por um aumento do desemprego na agricultura, já que acabam muitos contratos temporários para a apanha da fruta e outras actividades sazonais.