Última hora

Última hora

Palestinianos cépticos face a Israel

Em leitura:

Palestinianos cépticos face a Israel

Tamanho do texto Aa Aa

Para os palestinianos, por seu lado, há condições inalienáveis para alcançar um acordo de paz com Israel. Mas em Ramallah, na Cisjordânia, a esperança é ténue. “Acreditamos que a Autoridade Palestiniana tem planos e princípios que deve aplicar. Vamos negociar para obter algo e não para perder”, alerta um habitante, enquanto outro afirma: “Só queríamos uma verdadeira paz, e um Estado palestiniano com Jerusalém como capital. Mas, infelizmente, os israelitas não são de confiança.”

Do lado do Hamas, a reacção é ainda mais hostil. O movimento islamita, que controla a Faixa de Gaza, critica o presidente da Autoridade Palestiniana e os seus passos para um eventual acordo. “Mahmoud Abbas pode reconhecer a ocupação israelita se bem o entender, mas o povo palestiniano não a reconhecerá e não aceitará nada que conduza a uma redução dos direitos nacionais dos palestinianos”, afirma Sami Abu Zuhri, porta-voz do movimento.

O Hamas é contra o diálogo e, esta quinta-feira, treze grupos armados – incluindo o braço do Hamas – anunciaram a criação de um mecanismo de coordenação de operações contra Israel.