Última hora

Última hora

UE exige que Paris justifique expulsões de ciganos

Em leitura:

UE exige que Paris justifique expulsões de ciganos

Tamanho do texto Aa Aa

Paris vai ter que justificar perante Bruxelas as expulsões de mil ciganos durante o mês de Agosto se não quer ser levada a Tribunal pela Comissão Europeia.

Num relatório preparado pelos comissários europeus da Justiça, do Interior e dos Assuntos Sociais, o executivo europeu exige que o governo francês prove que não violou uma série de directivas europeias.

A eurodeputada liberal, Sophia in ‘t Veld diz que
“há ainda as regras processuais que devem ser seguidas. Não está claro que o governo francês o tenha feito. De qualquer das formas, deve ser feita uma avaliação de cada caso e aqui estamos obviamente perante expulsões colectivas, o que não é o mesmo do que avaliação individual.”

Apesar das críticas que as expulsões de ciganos originários da Roménia e da Bulgária têm suscitado, Bruxelas reconhece os problemas relativos à integração das comunidades ciganas.

“A Comissão está consciente dos problemas de integração e está disposta a assumir o papel de intermediário entre os Estados membros para permitir que as medidas que visam a integração dos ciganos sejam aplicadas sem problemas”, refere Françoise Le Bail, a directora-geral para a Justiça da Comissão Europeia.

Só desde o início do ano, Paris já procedeu a perto de 8500 expulsões.

Paris vai ter que provar que na origem destas expulsões não está qualquer tipo de discriminação étnica, que analisou cada caso individualmente antes de proceder ao repatriamento dos ciganos e que não violou a directiva da livre circulação de cidadãos europeus.