Última hora

Última hora

Protesto em Paris contra as expulsões

Em leitura:

Protesto em Paris contra as expulsões

Tamanho do texto Aa Aa

Milhares de pessoas protestaram, este sábado, em Paris, em frente do Ministério da Imigração, contra a expulsão de ciganos e outros imigrantes em situação irregular.
 
A manifestação foi convocada por diferentes associações cívicas e de defesa dos direitos humanos.
 
A figura mais visada nos protestos foi a do presidente, Nicolas Sarkozy.
 
Os representantes da comunidade cigana diziam-se felizes, com esta manifestação de solidariedade:
  
“Estou realmente feliz, porque há franceses e membros de outras comunidades que nos apoiam. Não é normal que seres humanos sejam expulsos e perseguidos. Há um racismo que hoje está de volta. Em 2010, tudo isto é bastante grave”.
  
Alvo dos protestos foi também a intenção de congelar as pensões de reformas.
 
Para os manifestantes, o futuro presidencial de Sarkozy está definitivamente comprometido e foram feitas simulações do seu funeral político.
  
Jean-Pierre Dubois, presidente da Liga Francesa dos Direitos Humanos, acusa o presidente de se substituir à lei:
 
“Penso que, em França, é necessário que se recupere a ideia que não é o senhor Sarkozy que faz a Lei, sozinho. Há um parlamento, há tribunais, há o Tribunal Europeu dos Direitos do Homem. A questão é saber se as expulsões de ciganos estão conforme o Direito. E isso está longe do fim”.
 
Várias nomes da canção francesa, como Jane Birkin e Regine, cantaram uma canção de protesto, debaixo da janela do gabinete do ministro da Imigração.