Última hora

Última hora

Coulson ensombra Governo britânico

Em leitura:

Coulson ensombra Governo britânico

Tamanho do texto Aa Aa

O director de comunicação de David Cameron ameaça fragilizar o Governo britânico.

Novos dados revelam que Andy Coulson, antigo editor do News of the World, pressionou os jornalistas do tablóide a interceptar telefonemas de figuras públicas.

O caso foi conhecido em 2007. Um jornalista e um detective foram detidos. Coulson negou ter conhecimento da situação e apresentou a demissão.

A polícia britânica garante o recurso a escutas ilegais era, afinal, uma prática constante.

A oposição volta a trazer o caso ao Parlamento:

“O vice-primeiro-ministro quer que nós acreditemos que a única pessoa que não sabia de nada sobre as escutas ilegais no News of the World era o editor.
Nada mais, nada menos que o homem que o primeiro-ministro trouxe para o seio do Governo” afirma Jack Straw.

“O que eu espero e acredito é que este é um assunto para a polícia investigar e ver até que ponto estas acusações e alegações são verdadeiras” refere o vice-primeiro-ministro britânico, Nick Clegg.

David Cameron que esta quarta-feira perdeu o pai vítima de ataque cardíaco não compareceu no Parlamento.

O chefe de Governo anunciou, entretanto, que mantêm a confiança no homem que escolheu para director de comunicação.

As investigações foram reabertas, mas muitos criticam a actuação da polícia que acusam de não ter feito o trabalho de casa em 2007.