Última hora

Última hora

Ossétia do norte: dois suspeitos detidos

Em leitura:

Ossétia do norte: dois suspeitos detidos

Tamanho do texto Aa Aa

O terror e o caos marcaram presença esta manhã em Vladikavkaz, a capital da Ossétia do norte.

Um atacante suicida fez-se explodir com um carro armadilhado no principal mercado da cidade e causou a morte a pelo menos 16 pessoas.

A deflagração descrita como muita violenta provocou ainda 130 feridos e partiu todos os vidros de uma escola que se encontrava nas proximidades

A Ossétia do norte faz fronteira a oeste com a República da Cabárdia-Balcária, ao sul com a Geórgia e a este com as Repúblicas da Chechénia e da Inguchétia palco de guerra entre a guerrilha separatista islâmica e forças militares e policiais de Moscovo.

O Primeiro ministro russo, Vladimir Putin, reagiu ao atentado no decuros de uma reunião com um líder muçulmano afirmando que “é triste haver homens que escolhem os dias santos para fazer crimes horríveis como este em Vladikavkaz. Mais uma vez houve vítimas humanas, estes terroristas não têm alma nem coração”.
Moscovo mandou um enviado regional para ajudar na coordenação do socorro às vítimas.
Três pessoas suspeitas de ligações ao atentado foram detidas.