Última hora

Última hora

Referendo Turquia em contagem decrescente

Em leitura:

Referendo Turquia em contagem decrescente

Tamanho do texto Aa Aa

Este domingo 50 milhões de eleitores turcos são chamados a votar num referendo que prevê alterar a Constituição.

No entanto, sábado já se vota. Algumas urnas já estão abertas, nos aeroportos ou estações de autocarros, para que aqueles que têm de viajar para fora do país possam ter a possibilidade de votar.

“O referendo é um passo crucial para a democratização da Turquia. Vim com a minha família para apoiar este passo e darei o meu voto”, afirma um jovem turco.

O entusiasmo é grande pois nem o feriado faz com que não vote, como evidencia esta eleitora:“Apesar de coincidir com o fim do Ramadão e de podermos ir para algum lado, preferi ficar em casa por causa do referendo. Para mim o referendo é mais importante que o feriado.”

As últimas sondagens indicavam uma forte polarização e um resultado imprevisível.

O referendo de amanhã está a ser encarado como um teste de confiança para o Governo conservador pós-islamita, no poder desde 2002.

Grande defensor das reformas constitucionais, o Executivo afirma que estas podem ser o passaporte para a União Europeia.

Os defensores do “Não” apelaram à rejeição das reformas em nome da separação de poderes, considerando que estas medidas irão garantir o controlo total da justiça por parte do Governo.

Dizem, ainda, estar decepcionados pela posição da Europa, em geral favorável às emendas.