Última hora

Última hora

Reino Unido: sindicatos mobilizam-se contra plano de austeridade

Em leitura:

Reino Unido: sindicatos mobilizam-se contra plano de austeridade

Tamanho do texto Aa Aa

Os sindicatos britânicos lançaram uma “campanha de resistência” contra o plano de austeridade do governo.

Reunidos em Manchester, os delegados da Trades Union Congress – confederação que agrupa a maioria dos sindicatos do país – aprovaram o recurso a “greves coordenadas” a nível local e nacional.

O secretário-geral da confederação, Brendan Barber, defende que “cortar serviços e pôr empregos em risco, aumentando as desigualdades, é a forma de tornar o país num lugar escuro, embrutecido e assustador”.

Empenhado no objectivo de eliminar em cinco anos um défice que deverá ultrapassar em 2010 os 10 por cento do PIB, o executivo de David Cameron garante no entanto que pretende “uma verdadeira parceria com os sindicatos”.

O ministro dos Negócios, Vince Cable, diz que o governo pretende “dialogar [com os sindicatos] e não entrar em confrontos desnecessários. A população compreende a necessidade dos cortes orçamentais, que não são feitos com vontade”.

Os planos de Londres prevêem um aumento do IVA e da idade de reforma, um corte severo nas despesas sociais e congelamentos nos salários da função pública durante dois anos.