Última hora

Última hora

Paris "espantado" com ameaça de processo levantada por comissária europeia

Em leitura:

Paris "espantado" com ameaça de processo levantada por comissária europeia

Tamanho do texto Aa Aa

A Comissão Europeia assumiu uma posição de força contra a polémica expulsão de ciganos romenos e búlgaros de França.

A comissária para a Justiça e os Direitos dos Cidadãos, Viviane Reding, anunciou a intenção de pedir a abertura de um processo contra Paris: “Não podemos agir como nos tempos difíceis que se viveram na Europa, quando se estigmatizava um grupo de pessoas. Não podemos aceitar isto e por isso tive de dizer “Basta”. Aqueles que desrespeitam a lei europeia vão ter problemas com a Comissão. Não importa se são um país grande ou pequeno. Acho escandaloso que alguns elementos do governo me falem de uma situação que não é real, ao mesmo tempo que há documentos que atestam uma política contrária aquela que os membros do governo explicam em Bruxelas”.

Em causa está a divulgação de uma circular datada do início de Agosto, na qual o ministério francês do Interior dá como “prioritária” a evacuação de acampamentos de ciganos, motivada por questões de segurança.

Viviane Reding considera que, com o repatriamento de ciganos para a Roménia e a Bulgária, a França está a aplicar de forma discriminatória a directiva comunitária sobre a livre circulação de cidadãos europeus.

Em Paris, as palavras de Reding provocaram “espanto” no Ministério dos Negócios Estrangeiros, que recusa a polémica.