Última hora

Última hora

Sarkozy terá de explicar expulsão de ciganos na cimeira europeia

Em leitura:

Sarkozy terá de explicar expulsão de ciganos na cimeira europeia

Tamanho do texto Aa Aa

As relações com os parceiros estratégicos e o reforço da governação económica estarão no centro da cimeira de chefes de Estado e de governo dos Vinte e Sete, esta quinta-feira, em Bruxelas. Mas o presidente francês, Nicolas Sarkozy, não poderá escapar também à polémica expulsão dos ciganos.

Num discurso preparatório, o presidente do Conselho Europeu, Herman Van Rompuy, defendeu a importância da unidade europeia: “A Europa faz parte de um Mundo em mudança permanente. Somos confrontados com desafios novos e exigentes: segurança global, ambiente, migração. A crise económica mostrou que dependemos de acontecimentos externos para preservar a qualidade de vida dos europeus. Estes desafios precisam de uma resposta efectiva e coordenada”.

Os Vinte e Sete terão também de analisar o revés sofrido na ONU. A União Europeia pedia o reforço do estatuto de observador, mas o voto foi adiado. Bruxelas relativiza. O certo é que os representantes permanentes da UE continuam sem direito de palavra na ONU e o discurso de Catherine Ashton vai continuar a ser uma excepção.