Última hora

Última hora

Polónia: Cruz removida da praça da presidência

Em leitura:

Polónia: Cruz removida da praça da presidência

Tamanho do texto Aa Aa

Depois de muito debate, manifestações e contra manifestações, os habitantes de Varsóvia, residentes nas imediações do palácio presidencial, podem dormir descansados.

Responsáveis de segurança retiraram, enfim, a cruz de madeira colocada no meio da praça, a dez de Abril, em memória dos falecidos no acidente de avião que vitimou o presidente Lech Kaczynski e grande parte da elite militar do país.

Este local tornara-se, para mau agrado dos residentes, um centro de peregrinação de grupos ultra católicos e apoiantes do partido da oposição, o Direito e Justiça, dirigido pelo irmão gémeo do falecido presidente.

A cruz permaneceu aqui até que um acordo entre o Palácio Presidencial e a Igreja católica foi alcançado. A Igreja acolheu com satisfação a nova situação adiantando que as famílias das vítimas poderão levar a cruz à peregrinação prevista ao local do acidente, em Smolenk.

O primeiro-ministro polaco, Donald Tusk, de centro direita, congratulou-se com o bom desfecho do parece ter sido um calvário para os varsovianos.