Última hora

Última hora

Rússia vai pedir a extradição de Zakaiev

Em leitura:

Rússia vai pedir a extradição de Zakaiev

Tamanho do texto Aa Aa

A Polónia deteve o líder separatista checheno Ahmed Zakaiev, à luz de um mandado de captura internacional emitido pela Rússia.

O político que se encontra exilado no Reino Unido desde 2003 foi interpelado pela polícia, um dia depois de aterrar em Varsóvia para assistir a um congresso internacional da rebelião chechena.

A detenção ocorreu no momento em que Zakaiev se dirigia ao tribunal para conhecer o conteúdo das acusações contra ele.

Moscovo deverá entregar ainda hoje às autoridades polacas um pedido de extradição.

A situação constitui um teste à recente reconciliação das autoridades polacas com Moscovo.

O procurador polaco garantiu, no entanto, que a decisão final não será política mas judicial.

Para o presidente da Chechénia, “Zakaiev tem de ser extraditado para que possa ser punido na Rússia e para que a lei possa ser cumprida”.

O líder checheno é acusado na Rússia por crimes de guerra durante os dois conflitos na República separatista entre 1994 e 2000.

O antigo comandante da rebelião beneficia do estatuto de refugiado político, desde 2003, no Reino Unido.

Em 2002, a Dinamarca tinha-se recusado a extraditar Zakaiev para Moscovo, depois ter detido o responsável nas mesmas circunstâncias.