Última hora

Última hora

Papa pede perdão pelos crimes de pedofilia na Igreja Católica

Em leitura:

Papa pede perdão pelos crimes de pedofilia na Igreja Católica

Tamanho do texto Aa Aa

Bento XVI pede perdão pelos crimes de pedofilia cometidos por padres católicos. A declaração foi feita este sábado durante uma homilia na catedral católica de Westminster, em Londres, depois de ontem ter estado na Abadia de Westminster, um templo anglicano.

Perante cerca de duas mil pessoas – incluindo o ex-primeiro-ministro britânico Tony Blair, que se converteu ao catolicismo – Bento XVI abordou directamente o escândalo de pedofilia.

“Penso no imenso sofrimento causado pelo abuso das crianças no interior da Igreja pelos padres”, assumiu. “Acima de tudo, exprimo um profundo pesar pelas vítimas inocentes destes crimes indescritíveis.”

Palavras que não devem acalmar os ânimos dos manifestantes que convocaram uma marcha de protesto para esta tarde.

A passagem do Papa por Londres ficará, ainda, marcada por uma missa no Hyde Park, onde são esperadas cerca de 85 mil pessoas.

Ao terceiro dia no Reino Unido, Bento XVI encontrou-se com os líderes políticos: o número dois do governo britânico Nick Clegg (agnóstico) e o primeiro-ministro David Cameron (anglicano).

A segurança vai continuar reforçada. Continuam sob custódia os seis homens detidos ontem por suspeitas de estarem a preparar um ataque.

A visita de quatro dias termina este domingo em Birmingham, no centro de Inglaterra.