Última hora

Última hora

Arménios celebram cerimónia ortodoxa em igreja turca

Em leitura:

Arménios celebram cerimónia ortodoxa em igreja turca

Tamanho do texto Aa Aa

É a primeira vez em 95 anos que a comunidade arménia celebra uma cerimónia ortodoxa numa igreja turca.

Cerca de mil pessoas reuniram-se este domingo numa igreja do século X, situada na ilha de Akdamar, no Lago Van. Um local simbólico que representa um dos raros testemunhos da presença arménia na Turquia.

Um homem diz que “é um momento emocionante” e que “é impossível parar de chorar quando se ouve o coro dentro da igreja, algo que não se exprime em palavras”, diz.

Uma participante diz que “veio para cumprir o desejo do avô e do pai, que nunca puderam vir e pisar este chão”.

Um momento festivo para alguns, enquanto outros falam em propaganda. Para protestar contra a cerimónia, centenas de pessoas deslocaram-se ao memorial das vítimas do genocídio em Yerevan, a capital da Arménia.

A memória dos massacres e das deportações desta comunidade está ainda bem presente. Mais de um milhão e meio de pessoas morreram entre 1915 e 1917, mas a Turquia rejeita a classificação de genocídio.