Última hora

Última hora

Eleições na Suécia poderão abrir a porta do Parlamento à extrema-direita

Em leitura:

Eleições na Suécia poderão abrir a porta do Parlamento à extrema-direita

Tamanho do texto Aa Aa

O tema da imigração poderá levar a extrema-direita ao Parlamento pela primeira vez na Suécia.

Segundo as sondagens das legislativas que decorrem este domingo, o partido dos Democratas Suecos poderá superar a barreira dos 4% de votos.

Um resultado com o qual poderá pesar na formação do próximo governo de coligação.

As sondagens apontam para uma frágil maioria dos partidos de centro-direita encabeçados pelo actual primeiro-ministro Frederik Reinfeldt.

Depois de um mandato marcado por uma rápida resposta à crise e por uma redução generalizada dos impostos, Reinfeldt pretende tornar-se no primeiro chefe de governo a acumular dois mandatos consecutivos.

Os sociais-democratas, tentam por sua vez regressar ao governo com a fórmula em vigor no país, durante décadas, de maior investimento na educação, saúde e apoio à terceira idade.