Última hora

Última hora

Suécia escolhe parlamento

Em leitura:

Suécia escolhe parlamento

Tamanho do texto Aa Aa

Os suecos vão às urnas, este domingo, para elegerem o novo parlamento.

Apesar de as sondagens apontarem para uma vitória do centro-direita, os social-democratas mantém ainda hipoteses de sucesso.

Para aumentar a expectativa, há ainda o reforço de votação do partido de extrema-direita, SD, que, pela primeira vez, pode eleger um deputado.

Na noite de sexta-feira, os lideres das duas principais forças políticas travaram o último debate televisivo.

O primeiro-ministro, Frederik Reinfeldt, defendeu uma descida simultânea de impostos e das participações sociais, como solução para a criação de emprego.

Do lado social-democrata, Mona Sahlin prometeu reduzir os impostos, sem tocar no Estado Social que defendeu como legado de 80 anos do Partido Social-Democrata.

Educação, saúde, ambiente e emprego são as prioridades daquela que pode vir a ser a primeira mulher a chefiar um governo, na Suécia.

Os social-democratas registaram nos últimos dias uma ligeira subida nas sondagens. Pode tratar-se de uma reacçâo do eleitorado às boas expetativas de voto da extrema-direita.