Última hora

Última hora

Ban Ki-Moon pede a Teerão respeito pelos direitos humanos

Em leitura:

Ban Ki-Moon pede a Teerão respeito pelos direitos humanos

Tamanho do texto Aa Aa

Mahmud Ahmadinejad participa na assembleia-geral das Nações Unidas a propósito dos Objectivos do Milénio mas é contestado na ruas de Nova Iorque.Ban Ki-Moon pediu-lhe para que respeite “as liberdades fundamentais e os direitos políticos” no Irão.

Sobre o controverso programa nuclear, o secretário-geral da ONU apelou para que o Irão participe nas negociações com vista à obtenção de um acordo sob o aval da ONU.

Ahmadinejad fez saber que as sanções internacionais contra o país que governa não têm qualquer efeito prático.

A secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton, respondeu que as sanções económicas internacionais impostas em junho reforçaram o dispositivo de segurança contra Teerão.

A presença de Ahmadineijade foi contestada por alguns activistas dos direitos humanos e familiares da jovem norte-americana detida a 31 de julho de 2009, juntamente outros dois companheiros, perto da fronteira do Irão com a região do Curdistão, no Iraque, enquanto faziam turismo.
A jovem foi libertada mas os restantes dois continuam ainda detidos pelo regime.