Última hora

Última hora

Justiça búlgara vai investigar mortes nos centros infantis

Em leitura:

Justiça búlgara vai investigar mortes nos centros infantis

Tamanho do texto Aa Aa

Os centros para crianças com deficiências físicas e mentais na Bulgária estão na mira da justiça. De acordo com uma investigação conjunta da ONG Comité de Helsínquia e da procuradoria, nos últimos dez anos morreram mais de 200 crianças vítimas de malnutrição, esgotamento, falta de higiene ou actos de violência nestes centros.

O procurador-geral explicou que viu “coisas incompreensíveis” e mostra-se estupefacto porque “nos últimos dez anos morreram 236 crianças sem que na maior parte dos casos – provavelmente em 80 por cento dos casos – ninguém tenha informado a polícia ou a procuradoria para se abrir uma investigação.”

Este mês a justiça abriu cerca de 200 inquéritos por negligência criminal. De acordo com o relatório divulgado esta segunda-feira, três quartos das mortes poderiam ter sido evitadas. Durante a investigação preliminar, a ONG constatou mais de cem casos de malnutrição e dezenas de casos de imobilização forçada das crianças.