Última hora

Última hora

Objectivos do Milénio: Europa tenta mobilizar o mundo

Em leitura:

Objectivos do Milénio: Europa tenta mobilizar o mundo

Tamanho do texto Aa Aa

Dez anos após a definição dos Objectivos do Milénio, é tempo de fazer o ponto da situação.

Reunidos em Nova Iorque, na sede das Nações Unidas, os líderes mundiais falam de acelerar o passo na luta contra a pobreza e as desigualdades. Mas nem todos mantém o mesmo optimismo.

Para a chanceler alemã, Angela Merkel, será difícil cumprir as intenções expressas em 2000.

“A comunidade internacional fixou objectivos concretos há dez anos. infelizmente, hoje, é preciso reconhecer que não podemos provavelmente alcançá-los. No entanto, esses objectivos continuam válidos e é preciso continuar a lutar por eles.”

Mas nem toda a União é tão pessimista. Bruxelas está convencida que ainda é possível e propõe-se consagrar 0,7% do PIB europeu ao desenvolvimento até 2015.

Vindas da França da Alemanha ou da Comissão Europeia, as paredes da ONU ouviram boas intenções da União Europeia, tida como a campeã da ajuda ao desenvolvimento. O que não impede os países pobres de mostrar o cepticismo quanto à eficácia do funcionamento desta ajuda, que acaba diluída entre os numerosos intermediários”.