Última hora

Última hora

Procuradoria de Roma investiga presidente do banco do Vaticano

Em leitura:

Procuradoria de Roma investiga presidente do banco do Vaticano

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente do banco do Vaticano está a ser investigado pela Procuradoria de Roma pela suposta violação da lei contra o branqueamento de capitais.

Para além de Ettore Gotti Tedeschi, o inquérito envolve outro alto responsável da instância financeira da Santa Sé.

Em causa estão transferências bancárias que totalizam mais de 20 milhões de euros.

Os dois homens são suspeitos de não respeitar uma cláusula da legislação italiana de 2007, que obriga a menção do mandatário de qualquer operação financeira, bem como o seu objectivo e natureza.

O Vaticano exprimiu “perplexidade” e “surpresa” face à notícia.