Última hora

Última hora

Suécia: Reinfeldt estende a mão aos Verdes

Em leitura:

Suécia: Reinfeldt estende a mão aos Verdes

Tamanho do texto Aa Aa

Face aos resultados das legislativas, a imprensa sueca diagnosticou “o fim de uma época”. A entrada da extrema-direita no Parlamento, a grande derrota da esquerda e a recondução de um governo de direita, mas sem maioria, deixam o país num impasse político.

O primeiro-ministro Fredrik Reinfeldt já estendeu a mão aos Verdes para conseguir governar com maioria. Mas destaca que tem até 4 ou 5 de Outubro para formar o executivo e que espera pela oficialização dos resultados. De qualquer forma, alerta que “não vai fazer as negociações com os outros partidos através dos media”.

Mas os Verdes fizeram campanha ao lado dos Sociais-Democratas contra a aliança de Reinfeldt. Para já, rejeitam integrar a coligação de centro-direita.

Esta segunda-feira, um dos líderes do partido, Peter Eriksson, admitiu que “o passo natural de Fredrik Reinfeldt será contactar a coligação de esquerda, incluindo os Verdes”. Mas sublinhou que “todos os sete partidos são responsáveis pela situação e não apenas um.”

A “situação” é contrariar o eventual peso da extrema-direita nas decisões do Parlamento. Algo que milhares querem evitar, como os que esta segunda-feira, se reuniram no centro de Estocolmo.