Última hora

Última hora

Diplomacia a contra-relógio para salvar discussões israelo-palestinianas

Em leitura:

Diplomacia a contra-relógio para salvar discussões israelo-palestinianas

Tamanho do texto Aa Aa

Reunião de emergência em Washington para tentar evitar o fracasso das negociações de paz no Médio Oriente.

A Secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton, encontrou-se, esta noite, com o presidente da Autoridade Palestiniana, Mahmoud Abbas.

A horas de expirar a moratória israelita sobre a expansão dos colonatos, os palestinianos mantêm a ameaça de abandonar as discussões, caso Benjamin Nethanyau decida retomar as construções nas colónias da Cisjordânia.

Segundo fontes diplomáticas, o governo israelita estará a multiplicar esforços, em colaboração com Washington, para evitar o fracasso das negociações.

Nethaniau estará disposto a chegar a um acordo para prolongar a moratória para lá do dia 26, mas o congelamento da expansão das colónias será apenas parcial.

Ontem em Telaviv dezenas de activistas exigiram a “congelação do congelamento das colónias”, num protesto original, que se soma à pressão de Washington e da União Europeia sobre Israel.

Mas apesar das aparentes concessões, Israel terá aprovado a construção de mais de 3.200 novas casas nos colonatos da Cisjordânia, já a partir do final do mês.