Última hora

Última hora

Madrid rejeita comentar proposta da ETA de um cessar-fogo permanente

Em leitura:

Madrid rejeita comentar proposta da ETA de um cessar-fogo permanente

Tamanho do texto Aa Aa

A ETA afirma estar disposta a declarar, “um cessar-fogo permanente e verificável”, duas semanas depois de ter anunciado uma nova trégua.

Numa entrevista publicada, este domingo, no jornal basco Gara, a organização separatista afirma também que, “poderá ir mais longe” para resolver o conflito na região pela via do diálogo.

As declarações surgem horas depois do Batasuna, o braço político da ETA, ter apelado ontem ao grupo armado para que dê provas de que está disposto a abandonar as armas.

A formação independentista, ilegalizada desde 2003, e cuja cúpula se encontra detida, exige ao governo que suspenda a lei que levou à proibição do partido.

Madrid recusou-se hoje a comentar as declarações da ETA, lembrando apenas que não haverá quaisquer discussões enquanto a organização não abandonar definitivamente a luta armada.

A última tentativa de diálogo com a ETA tinha fracassado em 2006, com o atentado bombista contra um dos terminais do aeroporto de Barajas.