Última hora

Última hora

Mega processo de corrupção começa em Malaga

Em leitura:

Mega processo de corrupção começa em Malaga

Tamanho do texto Aa Aa

Começou esta manhã, em Malaga, o julgamento do maior processo de corrupção imobiliária em Espanha.

No banco dos réus sentam-se dois antigos presidentes da câmara de Marbella e um conselheiro municipal, Juan Antonio Roca, considerado o cérebro da operação.

Os três estão acusados de corrupção, branqueamento de dinheiro e desflaque e arriscam penas entre dez e trinta anos de prisão.

O escândalo rebentou em 2006 e obrigou o governo central a dissolver o concelho municipal de Marbella, uma medida inédita na história da democracia espanhola.

Ao longo de quatro anos de investigação, foram bloqueadas mais de mil contas bancárias e apreendidos bens no montante de 2,4 mil milhões de euros.

Nos anos do boom imobiliário, vários eleitos municipais e regionais, responsáveis pelos planos de urbanismo, construiram fortunas meteóricas e muito duvidosas nesta região costeira do Mediterrâneo.