Última hora

Última hora

Dilma recua nas sondagens

Em leitura:

Dilma recua nas sondagens

Tamanho do texto Aa Aa

A primeira volta é este domingo, mas fala-se cada vez mais numa segunda volta das eleições presidenciais brasileiras. Entre escândalos de corrupção e guerras de sondagens, tudo indica que Dilma Rousseff está em queda, nas intenções de voto.

A protegida de Lula da Silva que, durante um certo tempo, foi dada como vencedora absoluta da primeira volta, poderá agora ter de bater-se numa segunda volta, a 31 de Outubro.

Entre os nove candidatos em liça, o segundo nas sondagens – e a subir – é o social-democrata José Serra, a quem são creditadas entre 27 e 28% das intenções de voto.

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, também social-democrata, afirma mesmo que, na segunda volta, tudo fará para “estabelecer uma ponte” entre José Serra e Marina Silva.

A antiga ministra do Ambiente e candidata pelo Partido Verde recolhe entre 13 e 14% das intenções de voto. Marina Silva conseguiu destacar-se ao longo da campanha, mesmo se teve pouco mais de um minuto de tempo de antena para apresentar as suas propostas.

Este domingo, mais de 135 milhões eleitores brasileiros são chamados às urnas, 200 ml dos quais vivem no estrangeiro, incluindo 12 mil em Portugal.