Última hora

Última hora

Paquistão bloqueou abastecimento à NATO

Em leitura:

Paquistão bloqueou abastecimento à NATO

Tamanho do texto Aa Aa

O Paquistão bloqueou o abastecimento às forças da NATO no Afeganistão. Islamabad acusa as forças da Aliança Atlântica de terem morto dois militares paquistaneses, num raid que terá violado o espaço aéreo paquistanês. Tratar-se-á do quarto incidente do mesmo género em menos de uma semana.

Em retaliação, a fronteira de Khyber, por onde passa o abastecimento para as forças aliadas estacionadas no Afeganistão, foi cortada. O ministro do Interior do Paquistão, Rehman Malik, é claro: “Não vamos tolerar este género de ataques nos quais os nossos soldados e guardas fronteiriços são atacados. Temos de ver se somos aliados ou inimigos. As pessoas questionam-se: ‘se estão a ser atacados, porque é que estão juntos na mesma guerra?!’”

A NATO reconhece que os helicópteros atravessaram a fronteiras, mas garante que só dispararam para se defenderem de disparos hostis.

A Aliança Atlântica reclama o direito a perseguir o inimigo, quando é atacada no Afeganistão por talibãs que vão procurar refugiu do outro lado da fronteira.

O Paquistão é oficialmente aliado dos Estados Unidos, na guerra contra o terrorismo, mas é igualmente acusado de tolerar a presença de talibãs nas zonas fronteiriças com o Afeganistão.