Última hora

Última hora

Líderes sul-americanos solidários com Presidente do Equador

Em leitura:

Líderes sul-americanos solidários com Presidente do Equador

Tamanho do texto Aa Aa

Os líderes dos países da América do Sul reuniram-se de emergência para debater a situação no Equador.

Os presidentes do Chile, Argentina, Venezuela, Colômbia, Peru, Bolívia e Uruguai deslocaram-se a Buenos Aires para mostrar o apoio e solidariedade ao presidente equatoriano Rafael Correa, retido várias horas num hospital por um grupo de polícias e militares que protestavam contra as medidas de austeridade orçamental do governo.

De acordo com a presidente da Argentina, Cristina Kirchner, a situação já está “sob controlo”.

Sem surpresas, o presidente da Venezuela culpa um velho inimigo: “Por detrás destes grupos de polícia e soldados estão as mãos obscuras do império, das forças políticas e da extrema-direita do Equador e dos Estados Unidos. Com a polícia, estou certo de que aconteceu o mesmo com a Venezuela”, diz Hugo Chávez.

A população sul-americana também apoia o Presidente Rafael Correa. Grupos esquerdistas reuniram-se às portas do encontro em Buenos Aires.