Última hora

Última hora

Mesquita incendiada na Cisjordânia

Em leitura:

Mesquita incendiada na Cisjordânia

Tamanho do texto Aa Aa

Os palestinianos acusam colonos judaicos de incendiarem uma mesquita na Cisjordânia. O incidente é visto como uma forma de pressionar o Governo israelita a não ceder na construção de colonatos, um ponto que está a entravar as negociações israelo-palestinianas.

Desde Dezembro foram queimadas quatro mesquitas em ataques atribuídos a colonos.

“Esta não foi a primeira vez que os colonos queimaram uma mesquita. Isto começou em 1969, quando queimaram a Mesquita de Al-Aqsa, e continua”, afirmou Muhammad Ayash, presidente da Fundação Islâmica de Beneficiência de Belém.

O exército israelita, que controla a Cisjordânia desde 1967, já está a investigar o ataque em Beit Fajjar, perto de Belém.

A liderança palestiniana não está disposta a continuar as negociações de paz com os israelitas, enquanto a construção de colonatos na Cisjordânia não parar completamente. A moratória expirou há uma semana e Israel tem resistido às pressões internacionais para estender a medida.