Última hora

Última hora

NATO lamenta ataque que matou soldados paquistaneses

Em leitura:

NATO lamenta ataque que matou soldados paquistaneses

Tamanho do texto Aa Aa

A NATO lamentou o ataque que matou três soldados paquistaneses e pediu ao Paquistão para reabrir a estrada que a organização utiliza para abastecer as forças ocidentais no Afeganistão.

Estas declarações foram efectuadas no final de uma reunião entre o ministro paquistanês das Relações Exteriores, Shah Mehmood Qureshi, e o secretário-geral da NATO, Anders Fogh Rasmussen.

“Eu lamentei o incidente da semana passada, no qual os soldados paquistaneses perderam as suas vidas. Há agora uma investigação conjunta a decorrer e vamos determinar o que aconteceu e retirar as lições necessárias”, disse Rasmussen.

Na segunda-feira, um canal paquistanês exibiu imagens do alegado ataque de helicópteros da NATO na região fronteiriça com o Afeganistão, na passada quinta-feira. Três soldados paquistaneses morreram.

No domingo à noite, um grupo de homens disparou sobre uma coluna de camiões que transportava bens para as forças ocidentais no Afeganistão. Treze veículos foram incendiados. Militantes talibãs do Paquistão reivindicaram o ataque.

A ameaça dos talibãs, que prometem continuar a atacar, deve prolongar o encerramento da estrada, vital para as forças da NATO.