Última hora

Em leitura:

Grafeno dá Nobel da Física a dois cientistas russos


Suécia

Grafeno dá Nobel da Física a dois cientistas russos

O russo-britânico Konstantin Novoselov e o holandês de origem russa Andre Geim partilham o Nobel da Física deste ano.

O galardão recompensa “os trabalhos revolucionários dos dois cientistas da Universidade de Manchester, no Reino Unido, sobre o grafeno”. Um material inovador, como explica Bjorn Jonsson, membro da Academia Sueca: “É um cristal grande, resistente – 100 vezes mais resistente do que o aço -, podemos esticá-lo até 20 por cento e tem muitas outras propriedades interessantes que podem ser usadas em diferentes aplicações.”

O grafeno, componente da grafite, permitirá criar ecrãs tácteis transparentes ou processadores informáticos mais rápidos do que os actuais, à base de silício.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Catástrofe de origem química na Hungria