Última hora

Última hora

Departamento da Defesa dos EUA paga senhores da guerra no Afeganistão

Em leitura:

Departamento da Defesa dos EUA paga senhores da guerra no Afeganistão

Tamanho do texto Aa Aa

É dinheiro pago pelos contribuintes norte-americanos, mas tem caído nos bolsos dos senhores da guerra afegãos.

Os factos são descritos no relatório publicado esta sexta-feira pela comissão dos Serviços Armados do Senado norte-americano.

Em conferência de imprensa o presidente da comissão, Carl Levin, explicou que “as falhas para treinar e dirigir de forma adequada as forças de segurança têm-se disseminado pelas empresas privadas contratadas pelo Departamento da Defesa e são um risco para as tropas norte-americanas e da coligação bem como para os civis afegãos.”

O relatório apresentado por Levin é a maior análise de sempre aos contratos de segurança feitos pelo Ministério da Defesa norte-americano.

De acordo com o documento, a inadequada supervisão do pessoal no terreno levou a situações em que empresas como a ArmorGroup ou a EOD Technology dependiam de afegãos ligados aos talibãs para acederem a determinadas regiões e muitas vezes mediante pagamento de somas avultadas.

Os Estados Unidos dependem actualmente de cerca de 26 mil seguranças privados no Afeganistão.