Última hora

Última hora

Nobel da Paz está na prisão

Em leitura:

Nobel da Paz está na prisão

Tamanho do texto Aa Aa

A democracia é o combate da sua vida.
Liu Xiaobo, intelectual, antigo professor de Literatura é, antes de mais, um veterano da dissidência chinesa. O Prémio Nobel da Paz chega agora, aos 54 anos de idade, enquando cumpre uma pena de prisão de 11 anos.

A vida de Xiaobo ficou marcada por longos períodos de detenção como este. Quando esteve em liberdade viagiada, em 1995, insistia:
“A voz do povo não vai ser silenciada, mesmo que o governo nos mantenha sob pressão. Se as pessoas continuarem a protestar, o governo tem de ouvir.”

Em 1989, de regresso de Nova Iorque onde ensinou na Universidade de Columbia, apoiou os estudantes que exigiam reformas democráticas em Tiananmen. Também participou numa greve de fome nessa célebre praça.
Depois da sangrenta repressão do movimento, Liu Xiaobo foi preso durante um ano e meio sem julgamento. Depois, até 1999, foi encerrado “num campo de reeducação pelo trabalho”.

Excluido da Universidade, participou na chamada Carta 08, um texto que defende o respeito pelos Direitos do Homem e a organização de eleições livres e democráticas na China.

No dia de natal de 2009 foi condenado a 11 anos de cadeia por “incitação à subversão do poder de Estado”.

A mulher, Liu Xia, viu-o, pela última vez no dia 7 de Setembro. Diz que ele continua moralmente inabalável mas tem a saúde fragil.