Última hora

Última hora

Conselheiro de Segurança Nacional de Obama demite-se

Em leitura:

Conselheiro de Segurança Nacional de Obama demite-se

Tamanho do texto Aa Aa

O conselheiro de Barack Obama para a Segurança Nacional demitiu-se, naquela que é a terceira baixa de elementos da equipa presidencial norte-americana em poucas semanas.

De acordo com responsáveis da administração Obama, o general James L. Jones deverá abandonar funções dentro de 15 dias, mas já tem substituto.

O presidente dos Estados Unidos designou Thomas E. Donilon, até agora conselheiro número dois para a Segurança Interna do país: “Nos últimos dois anos, não houve uma única questão crítica relacionada com a segurança nacional que não tenha passado pela mesa de Donilon. Ele ajudou a gerir a nossa equipa de segurança interna e o processo de fazer política”, afiançou Barack Obama.

Desconhecem-se os motivos que levaram Jones a retirar-se do cargo, mas fontes da Casa Branca dizem que o general tem vindo a enfrentar críticas internas devido às declarações polémicas que terá feito sobre o Presidente a Bob Woodward, autor do livro “As Guerras de Obama”.

Em Setembro, Lawrence Summers, um dos principais conselheiros económicos de Obama também anunciou a demissão. Há uma semana, Obama aceitou o pedido do chefe de gabinete, Rahm Emanuel, para abandonar o cargo.

Acontecimentos que surgem numa altura em que se aproximam as eleições legislativas intercalares de Novembro nos Estados Unidos, nas quais os democratas se arriscam a perder a maioria nas duas câmaras do Congresso.