Última hora

Última hora

Hungria: risco de nova inundação de lamas tóxicas

Em leitura:

Hungria: risco de nova inundação de lamas tóxicas

Tamanho do texto Aa Aa

Alerta máximo na Hungria face ao risco de uma nova maré de lamas tóxicas.

O Governo admitiu, este sábado, que o reservatório pode voltar a ceder e originar um novo derrame estimado em 500 mil metros cúbicos de lixo tóxico.

Tudo começou com uma fuga num reservatório de uma fábrica de alumínio situada a 160 quilómetros a Oeste de Budapeste.

O acidente químico ocorreu na segunda-feira libertando mais de um milhão de metros cúbicos de lama tóxica.

Pelo menos sete pessoas morreram, 150 ficaram feridas.

As causas desta fuga inédita são para já desconhecidas, mas a Greenpeace lembra que imagens satélite recolhidas um dia antes do acidente mostravam já fissuras no reservatório.

As lamas tóxicas invadiram várias regiões da Hungria e ameaçam o ecossistema do rio Danúbio.

Para evitar males maiores, centenas de pessoas foram obrigadas a abandonar as habitações.