Última hora

Última hora

Chile: ansiedade toma conta do campo Esperanza

Em leitura:

Chile: ansiedade toma conta do campo Esperanza

Tamanho do texto Aa Aa

O resgate dos mineiros chilenos deve começar esta quarta-feira.

Um dia mais tarde, que a data inicialmente prevista e justificada com a necessidade de garantir o sucesso da operação.

Uma das fases mais importantes, o revestimento do poço de resgate, está concluída e no campo Esperanza a ansiedade é, agora, o sentimento dominante.

“Com certeza que rimos e falamos, mas no interior estamos muito angustiados. Sabemos que as máquinas estão perto deles, mas não sabemos se vão ter problemas para sair de lá, para que possam voltar a estar connosco” afirma a mulher de um mineiro.

Para resgatar cada mineiro vai ser necessário cerca de uma hora e meia. Uma autêntica tortura para os familiares.

O pai de um mineiro promete esperar “até que chegue à superfície. Vai ser o momento mais longo dos últimos dois meses. É como se o meu filho renascesse e eu voltasse a ser pai.”

Mas o reencontro dos 33 mineiros com as famílias só vai acontecer depois de uma avaliação médica.
Muitos sofrem de hipertensão, problemas pulmonares crónicos e infecções cutâneas.