Última hora

Última hora

Ahmadinejad faz demonstração de força no Líbano

Em leitura:

Ahmadinejad faz demonstração de força no Líbano

Tamanho do texto Aa Aa

A deslocação de Mahmoud Ahmadinejad ao Líbano está a dividir o país. A visita de dois dias é vista como um forte sinal de apoio ao movimento xiita Hezbollah.

A facção pró-ocidental do governo libanês encara a presença de Ahmadinejad como uma provocação, acusando-o de querer “transformar o país numa base iraniana”.

O líder da república islâmica vai tentar mostrar a influência regional, desafiando as sanções e as tentativas de Washington em isolar o Irão.

Hilal Khashan, professor de Ciência Política na Universidade Americana de Beirute, explica que Ahmadinejad “quer mostrar aos Estados Unidos que o Irão é um jogador de peso que deve ser tratado com respeito e compreensão e que se deve tentar o diálogo em vez do confronto.”

Depois de se encontrar com o líder do Hezbollah, Ahmadinejad visita Bint Jbeil, no sul do país. A aldeia foi bombardeada pelo exército israelita na guerra de 2006 e reconstruída com dinheiro iraniano. O problema é que se situa a apenas quatro quilómetros do arqui-inimigo Israel. Um “acto de provocação” reagiu o ministro israelita dos Negócios Estrangeiros, Avigdor Lieberman.