Última hora

Última hora

Indústria dos jogos on-line pede liberalização na Europa

Em leitura:

Indústria dos jogos on-line pede liberalização na Europa

Tamanho do texto Aa Aa

Em troca de maior responsabilidade, a indústria do jogo e das apostas on-line pede uma harmonização e liberalização europeia do sector. O apelo foi feito no Parlamento Europeu, esta quarta-feira, no dia do Jogo Responsável, comemorado pelo terceiro ano.

Mas o que é o jogo responsável? Benôit Cornu, um representante francês do sector, explica: “Jogar de forma responsável são várias coisas: antes de mais proteger os menores, que não têm o direito de jogar. Por exemplo, em França o jogo é proibido a menores de 18 anos. É importante que não sejam atraídos pelos jogos de dinheiro. O segundo elemento é dar ao jogador a informação para que saiba quando é que pode haver derivas ou comportamentos problemáticos com o jogo, como apostar acima do orçamento”.

A legislação sobre jogos e apostas na internet não é uniforme na União Europeia. Mas o sector viveu um ano de importantes mudanças e o apetite da indústria aumentou. No ano passado, o sector superou os oito mil milhões de euros só na Europa. Nos próximos dois anos espera-se que passe para 12 mil milhões.