Última hora

Última hora

Justiça autoriza a venda do Liverpool

Em leitura:

Justiça autoriza a venda do Liverpool

Tamanho do texto Aa Aa

O dia é de festa, para os adeptos do Liverpool. A venda do clube foi autorizada pelo Supremo Tribunal Londrino.

“Os donos não têm o direito de vetar qualquer decisão de venda do clube”, decidiu o juiz Cristopher Floyd.

Assim, o Liverpool pode dar seguimento ao processo de venda, aprovado pelo Conselho de Administração, e que visa salvar os ‘reds’ da falência. O clube londrino tem até ao dia 15 para pagar cerca de 300 milhões de euros ao Royal Bank of Scotland.

O Liverpool pode agora apreciar a oferta de 344,2 milhões de euros da New England Sports Ventures, que também detém a equipa de basebol Boston Red Sox.

Era exactamente o que queriam evitar os actuais proprietários do clube. Os norte-americanos queriam tempo para a analisar a proposta de Peter Lim. O multimilionário de Sigapura avaçara com uma oferta de 411 milhões de euros e mais 45 milhões para a compra de novos jogadores.

O juiz recusou a hipótese de recurso por parte dos actuais proprietários, os norte-americanos Tom Hicks e George Gillette.