Última hora

Última hora

Presidente da Bolívia agradece esforços do Chile

Em leitura:

Presidente da Bolívia agradece esforços do Chile

Tamanho do texto Aa Aa

O abraço de Evo Morales e do mineiro Carlos Mamani fica gravado como a imagem do agradecimento da Bolívia ao Chile.

Carlos Mamani é o único estrangeiro do grupo de 33 mineiros. O presidente da Bolívia visitou-o no hospital de campanha, acompanhado pelo homólogo chileno, Sebastián Piñera.

O mineiro, de 23 anos, poderá regressar à Bolívia com Evo Morales se quiser e se os médicos lhe derem luz verde. O seu presidente prometeu-lhe um “emprego digno”.

Morales chegou esta quarta-feira ao acampamento Esperança. Em conferência de imprensa, sublinhou que o resgate “histórico e inédito” une os dois países.

“Incrível, mas real. O povo boliviano não vai esquecer os esforços feitos pelo presidente chileno. Quero dizer obrigado ao povo chileno pelo resgate do nosso irmão Carlos Mamani e dos irmãos mineiros chilenos”, declarou Evo Morales.

Por sua vez, Piñera destacou que “a grande riqueza do Chile não é o cobre, são os mineiros” e que “os chilenos deram um exemplo ao mundo ao manter vivo o sonho do resgate”.