Última hora

Última hora

Hungria: produção de alumínio vai ser retomada

Em leitura:

Hungria: produção de alumínio vai ser retomada

Tamanho do texto Aa Aa

A produção de alumínio vai ser retomada, até ao final da semana, na fábrica que há 9 dias originou o derrame tóxico, na Hungria.

O anúncio foi feito pelo Governo de Budapeste, que vai ficar encarregado de controlar a exploração, nos próximos dois anos.

Esta quarta-feira, o tribunal autorizou a polícia a libertar o chefe da fábrica, Zoltan Bakonyi, pela insuficiente consistência das provas.

Algumas fotografias do reservatório dão a entender que o homem já teria conhecimento de que o reservatório apresentava fugas desde Junho.

O colapso acabou por acontecer a 4 de Outubro. A lama vermelha espalhou-se por 40 quilómetros quadrados obrigando à evacuação de algumas povoações.

Esta quarta-feira subiu para nove o número de vitimas mortais.

Os materiais perigosos chegaram aos afluentes do Danúbio, o segundo maior rio da Europa.

As operações de despoluição ainda vão demorar. O acidente já se tornou no mais grave da história da Hungria.