Última hora

Em leitura:

Mineiros preparam-se para sair do hospital


Chile

Mineiros preparam-se para sair do hospital

Bateram um recorde de sobrevivência a 700 metros de profundidade, mas os médicos falam apenas em pequenas lesões de pele e infecções dentárias. Apenas um está a recuperar de uma pneumonia. Os 33 mineiros vão começar a receber alta nas próximas horas.

O presidente Sebastián Piñera foi deixar-lhes uma última promessa. “Nunca mais no nosso país vamos permitir que se trabalhe em condições tão inseguras como se trabalhava na mina de San José e em muitos outros lugares do nosso país”, garantiu.

Sebastián Piñera encerrou a mina de San José e garante que vai apurar responsabilidades pelo acidente de 5 de Agosto.

Há quem classifique como “milagre” o resgate ao fim de mais de dois meses de cativeiro. Foram precisas menos de 22 horas para devolver os 33 homens às famílias. Agora, são aclamados como heróis do Chile.

Luis Urzua foi o último mineiro a regressar ao ar livre. Um momento vivido como uma missão cumprida e que ecoou em manifestações de alegria por todo o país. Em Copiapó, milhares de pessoas abraçaram desconhecidos, dançaram e agitaram bandeiras do Chile.

Os 33 homens dificilmente vão regressar às minas. Chovem ofertas de trabalho, propostas de publicidade, edição de livros e mesmo a realização de um filme. O acampamento esperança já está a ser desmontado, mas o deserto de Atacama nunca mais será o mesmo.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Três mineiros que emocionaram o mundo