Última hora

Última hora

Ataques matam oito soldados estrangeiros no Afeganistão

Em leitura:

Ataques matam oito soldados estrangeiros no Afeganistão

Tamanho do texto Aa Aa

No Afeganistão, oito soldados da Força Internacional de Segurança e Assistência, liderada pela NATO, morreram esta quinta-feira.

Os soldados da Aliança Atlântica foram alvo de vários ataques em pontos distintos do país.

Entre os mortos está um soldado polaco. Esta foi mais uma jornada negra que se junta à vivida na passada quarta-feira, em que seis soldados norte-americanos perderam a vida.

Precisamente o Afeganistão foi o assunto em destaque na reunião da NATO em Bruxelas.

Do encontro saiu uma mensagem de apoio ao diálogo aberto entre o presidente afegão, Hamid Karzai, e os guerrilheiros talibã.

“Sempre reconhecemos que a reconciliação tem de ser parte da solução no Afeganistão e vamos fazer os possíveis para ajudar no processo”, garantiu o secretário da Defesa norte-americano, Robert Gates.

Sem confirmar o apoio, o secretário-geral da NATO, Anders Fogh Rasmussen, manifestou-se também neste sentido apesar de lembrar que é importante manter a pressão militar.

O presidente afegão, Hamid Karzai, reconheceu estar a negociar com os insurgentes para por fim à violência que varre o país.