Última hora

Última hora

França: greve contra reforma das pensões ameaça com falta de combustível

Em leitura:

França: greve contra reforma das pensões ameaça com falta de combustível

Tamanho do texto Aa Aa

O movimento de contestação da reforma das pensões em França ameaça traduzir-se numa penúria de combustíveis.

Sob ordem do Eliseu, a polícia francesa desbloqueou esta sexta-feira vários depósitos de combustível bloqueados pelos grevistas.

Uma solução que pode revelar-se pouco eficaz, já que o movimento de protesto responde com o fecho de outros locais.

Com duas novas jornadas de mobilização nacional previstas para este sábado e terça-feira, o movimento de greve iniciado há quatro dias estende-se agora à totalidade das refinarias do território continental.

As perturbações nos 12 locais provocam, obviamente, problemas de distribuição e conduziram ao encerramento do oleoduto que alimenta os aeroportos de Paris, o sul da capital e a região centro.

Preocupados com uma eventual falta de combustível, os automobilistas fazem fila nas estações. Em centenas de estabelecimentos, as mangueiras já estão a seco.

O gerente de uma estação diz que lhe foi recusado o envio de um camião de abastecimento.

Paris diz que as reservas permitem garantir “10 a 12 dias de consumo”, mas várias companhias aéreas já escolheram abastecer os aviões no estrangeiro.