Última hora

Última hora

França: milhares na rua contra a reforma das pensões

Em leitura:

França: milhares na rua contra a reforma das pensões

Tamanho do texto Aa Aa

Nova jornada de mobilização contra a reforma das pensões em França, a quatro dias da adopção final no Senado.

Segundo o ministério do Interior, a meio do dia cerca de 340 mil pessoas manifestavam-se em diferentes pontos do país. O governo fala numa “baixa” no número de contestatários, mas o balanço não tem em conta as manifestações previstas esta tarde, nomeadamente em Paris, onde se espera a maior afluência.

Os sindicatos anunciaram mais de 230 protestos em todo o país. A vaga de contestação atingiu uma participação recorde na passada terça-feira, com as autoridades a contabilizar um milhão e duzentos mil manifestantes, contra três milhões e meio segundo os sindicatos.

Foi também na terça-feira que o movimento estudantil aderiu ao protesto. Para este sábado, espera-se um número elevado de jovens nas ruas, o que faz temer incidentes violentos como os que se produziram nas últimas 48 horas em manifestações de estudantes em vários pontos do país.

O debate no Senado deverá ser concluído na quarta-feira. A aprovação do texto ameaça dividir os sindicatos: uns acreditam que a luta deve continuar, enquanto outros duvidam da eficácia de contestar uma lei em vigor.