Última hora

Última hora

Gigantes asiáticos disputam território

Em leitura:

Gigantes asiáticos disputam território

Tamanho do texto Aa Aa

É segundo protesto anti-China este mês em Tóquio.

Cerca de dois mil japoneses manifestaram-se, este sábado, contra a Pequim. Desta vez por causa das ilhas do Mar da China.

O território inabitado, com reservas de petróleo e gás natural, é reclamado por Pequim e por Tóquio.

“Não vamos permitir que a China invada as ilhas Senkaku” foram algumas das palavras mais ouvidas junto dos manifestantes nipónicos.

Em defesa do território, que Pequim baptizou de Diaoyu, sairam também à rua milhares de chineses. Os manifestantes apelaram ao boicote de produtos nipónicos e reclamaram soberania sobre os ilhéus.

As relações entre dos dois gigantes asiáticos detrioram-se em Setembro, depois da Marinha japonesa ter detido o capitão de um barco pesqueiro chinês.

A detenção ocorreu na sequência de uma colisão com dois navios patrulha japoneses perto dos ilhéus no mar da China Oriental.

Semanas depois, Tóquio libertou o capitão da embarcação de pesca chinesa. Uma atitude contestada por muitos nipónicos que acusaram o primeiro-ministro de ceder à pressão do país vizinho.