Última hora

Última hora

Sunday Times revela proposta de venda de votos para o Mundial 2018

Em leitura:

Sunday Times revela proposta de venda de votos para o Mundial 2018

Tamanho do texto Aa Aa

O jornal britânico Sunday Times revela que dois membros do comité executivo da FIFA estão dispostos a vender os votos para a atribuição do Mundial de 2018.

O presidente da Confederação da Oceânia Reynald Temarii, do Tahiti, e o nigeriano Amos Adamu
ofereceram as vozes a dois jornalistas que se faziam passar por representantes de um consórcio norte-americano.

Adamu foi mesmo filmado através de uma câmara escondida.

O presidente da FIFA, Josepp Blatter, ordenou a abertura de um inquérito. A Federação Internacional de Futebol acrescentou que só após a análise de todo o material disponível é que serão decididas as iniciativas a tomar.

Os 24 membros do comité executivo da FIFA devem atribuir a 2 de Dezembro as organizações dos Mundiais de 2018 e 2022.

Para o primeiro, Portugal apresentou uma candidatura conjunta com a Espanha, que compete com a dupla Bélgica-Holanda e as propostas isoladas da Inglaterra e da Rússia.