Última hora

Em leitura:

França: protestos por todo o país em nova jornada de greve geral


França

França: protestos por todo o país em nova jornada de greve geral

A mobilização contra a reforma das pensões em França continua ao rubro, a poucos dias do voto final no Senado.

Centenas de milhares de franceses voltaram a sair esta terça-feira à rua em protestos que coincidiram com uma nova jornada de greve geral.

Segundo os sindicatos, as manifestações alastraram-se a 277 cidades.

O secretário-geral da CGT, Bernard Thibault, afirma que “o chefe de Estado não pode impôr ao país uma reforma tão importante como o futuro das pensões, quando três quartos da opinião pública apoiam o movimento de contestação”.

A líder da oposição socialista Martine Aubry diz que “a única pessoa que pode pôr fim aos bloqueios e aos protestos é o presidente. Basta que responda às exigências dos sindicatos e suspenda o debate no Senado”.

A dois dias da data prevista para a votação no Senado, os opositores do texto esperam conseguir o mesmo resultado que com o Contrato Primeiro Emprego em 2006. Manifestações desta amplitude permitiram, há quatro anos, fazer cair por terra o projecto de lei promovido pelo então primeiro-ministro Dominique de Villepin.

Nas ruas, continua a guerra dos números. Os sindicatos falam de três milhões e meio de manifestantes, enquanto as autoridades contabilizaram hoje menos de 600 mil contestatários.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Tufão Megi dirige-se para a China